Falar e Escrever

Além de gerar fluência, aprender uma nova língua é um jeito de estimular as atuações sociocultural e cognitiva. Na última atividade de inglês, o educador Jorges realizou uma dinâmica com frases básicas e cotidianas. Onde os adolescentes repetiam as frases em voz alta e escreviam-nas no quadro, para reforçar o aprendizado.